vai,

eu queria te deixar ir. juro que queria.

não entendo porque depois de tantos meses de gelo, tantas demonstrações claras (e outras nem tanto) de querer te afastar… não entendo porque nem assim eu consigo parar de pensar em ti, sentir saudades de conversar contigo todos os dias até morrer de rir, pensar o que te levou a começar a se distanciar e o que me levou a enlouquecer completamente quando isso começou a acontecer.

dependência emocional é a pior merda que eu já tive o desprazer de presenciar na minha vida. junte isso com depressão até então não tratada, crises de ansiedade, uma insegurança e imagem autodepreciativa absurdas e tente entender.

eu só queria poder olhar bem nos teus olhos e te entender.

pra então conseguir, finalmente, te deixar ir. ou ficar. sei lá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s