Sobre despedidas (parte 1)

Eles não sabem.

Não os culpo por isso, só não entendo como tudo pode ser tão diferente e tão igual ao mesmo tempo.

Domingo passado estávamos todos num estado de vulnerabilidade coletiva. Não precisávamos falar uma palavra para saber que todos estávamos compartilhando da mesma mistura de sentimentos contraditória, que nos fazia gostar tanto da menina que há 5 meses nem mesmo conhecíamos a tal ponto de esquecermos que algum dia ela voltaria para Portugal, junto da sua família. Ela já tinha nos conquistado tanto que sentíamos como se fosse uma irmã a mais (para mim e meu irmão) e uma filha para os meus pais.

É difícil de se fazer entender quando não é você que passa por isso e sente na própria pele. Parece extremamente exagerado, eu sei. Nem eu acreditava que um dia tudo fosse se tornar o que hoje é.

Dizem que os olhos são a janela da alma. Se for mesmo verdade isso, a única certeza que eu tenho é que o céu da minha alma, assim como o do mundo real, nublou completamente e a chuva que caiu depois disso poderia tranquilamente formar um novo oceano.

Oceano esse, semelhante ao que hoje nos separa da portuguesa mais puro amor do mundo. Houve uma transformação gigante dentro de mim. Meus pais analisaram e disseram que talvez eu esteja assim porque é a primeira “perda” que eu sofro. Eu acho que eles têm razão.

Me esforcei muito para que – cada vez que viesse à mente o pensamento de que não há como saber quando vou vê-la novamente – eu lembrasse da felicidade da família que a esperava lá na “terra abençoada por Deus”, como eles mesmos dizem. Demorou um bom tempo até conseguir, mas hoje sinto até um certo orgulho em dizer que cheguei no nível em que ter saudade é sorrir pelas lembranças construídas e estar feliz pela pessoa estar bem onde ela está, mesmo que longe. Porque, no final das contas, “o que importa é ser feliz!”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s