Hoje me lembrei de ti e de como costumava me importar com qualquer coisa que fosse pensar sobre mim. No fundo tinha certeza que me acharia idiota e fingiria muito bem somente para evitar constrangimentos. Ou simplesmente ignoraria.

Não sei se por bem ou mal, faz pouco tempo, conheci um outro lado teu. Um lado misteriosamente incrível, como eu imaginava antes de nublar minha visão com tuas grosserias. Melhor, até. Bem melhor. Às vezes me pergunto se o você lá e o você aqui são mesmo a mesma pessoa. Seria mesmo possível?

Sigo na dúvida de quem lembrar. Quando lembro de ti impecável, imediatamente sou interrompida pela parte ruim. Tu me confunde de uma maneira que me faz achar que no final da história a bipolar aqui sou eu.

Tu mostra um mundo que tinha plena certeza só existir nos meus devaneios mais distantes. Talvez, tu mesmo seja um deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s