Nós vamos olhar um para o outro e sorrir. E vamos saber exatamente o que esses sorrisos significam.

Tu vai me oferecer uma carona sem destino. Porque sim. E eu vou aceitar. Porque sim também. Nós vamos abrir os vidros do carro e cantar Foo Fighters a todo volume. E nos sentiremos leves. Mais que isso: livres.

E pararemos no alto de um penhasco com a visão mais linda do mundo, onde nos sentaremos e teremos a certeza de que encontramos alguém com quem conseguimos ser a melhor pessoa do mundo. Não é a pessoa certa, tampouco a errada. É aquela ali, do teu lado. Dando seus ombros de apoio para você. Por mais preto e branco que esteja teu dia, é só tu estar com ela que tudo se colore repentinamente. É engraçado falar isso, mas é exatamente assim.

Ela sabe todos teus segredos só de olhar nos teus olhos. E te sentir.

E tu acha que está sonhando. E tu deseja que nunca acorde.

Na realidade, está mesmo. Tu sabe que é só deixar essa covardia gigante que quase explode dentro de ti de lado. Tu sabe. Mas acontece que entre a teoria e a prática há uma distância tão gigante quanto a covardia dentro de ti. E agora?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s