Como eu odeio

Como eu odeio isso.
Odeio ter sono, mas não conseguir dormir.
Odeio ter que acordar cedo, mas não conseguir dormir.
Odeio repetições.
Odeio ter que fazer provas. Odeio, mais ainda, não passar nelas.
Odeio ser burra.
Odeio me sentir constrangida.
Odeio sentir que estou incomodando, mas não poder me retirar.
Odeio ficar presa às coisas.
Odeio que tranquem meu caminho.
Odeio que profiram palavras sem medir seu significado.
Odeio que me magoem. Odeio mais ainda quando não querem ver.
Odeio falhar em situações decisivas. Odeio mais ainda saber que tenho capacidade de enfrentá-las, mas, naquele momento, errar.
Odeio estar distante de quem eu quero bem perto de mim.
Odeio estar perto de quem quero distância.
Odeio não entender.
Odeio minha timidez, mas odeio muito mais gente boca aberta que fala bobagem toda hora.
Odeio esperar.
Odeio tédio.
Odeio querer fazer uma coisa, mas ser obrigada a fazer outra.
Odeio ter sono e não conseguir dormir.
Odeio sofrer de ansiedade.
Odeio ter que lembrar e me incomodar com tudo isso.
Odeio odiar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s