Sintonia paralela

Há alguns dias um pensamento tem me “perturbado”: como a gente chega até aquelas pessoas por quem nutrimos toda a confiança do mundo?

Quando paro para observar os meus amigos, descubro muito de mim neles. E muito deles em mim. Se considerar que nós não tivemos a mesma criação, não vivemos histórias parecidas e que muitos deles nem mesmo são da mesma cidade que eu, a dimensão se torna um pouco mais assustadora. E se tu não tiver nada pra fazer, mas nada mesmo, vai começar a se questionar, como eu fiz:

Por quê parece que a gente já se conhece há uma vida inteira?
Por que falha do tempo a gente ficou algum dia cara-a-cara?

Numa bela e silenciosa madrugada, resolvi ligar os pontos de outra conversa que tive com uma prima (igualmente sem sua completa sanidade) com essas questões e eis que surgiram outras:
Já parou pra pensar que aquela sensação de quando tu acaba de conhecer alguém e parece que já faz uma vida pode fazer sentido?
Vai que vidas passadas realmente existem e os laços entre duas pessoas foram tão fortes que resistiram ao tempo e às dimensões?

A minha teoria, que pode – e certamente está – completamente errada, é a seguinte:
Acho que é como se existisse uma sintonia ou uma frequência única e, a partir do momento que é encontrada, passa a pertencer àqueles dois que a criaram. E quando eles estão na mesma sintonia, os pensamentos começam a coincidir. E coincidem os horários em que eles aparecem. E tu passa a entender alguém só pelo olhar. Pelo abraço.

E descobre que há uma parte de ti que tu nem sabia que existia, mas que agora é essencial.

E tu passa a querer fazer de tudo pra ver essa pessoa sorrindo.
E passa a ter uma confiança tão intensa por esse alguém que ninguém mais além de vocês entende. Na verdade, nem tu mesmo sabe o motivo.  Tu apenas sente.
E isso é o suficiente.
É tudo que tu precisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s