“Mar de rosas imperfeito”

“Ela imagina flores
Com cores que não existem em nenhum jardim…”

É nessas horas que sinto como se tivesse sido apenas mais uma intrusa temporária na tua vida, embora agora pareça que algo mudou. Já não sinto mais aquela ânsia por te ver, querer conversar contigo, saber como vai a tua vida. De fazer parte dela. Vontade, sim. Mas não é mais aquela coisa incontrolável, sabe?

“Imagens lentamente derretem
Prometem coisas que ela sabe que nunca vai ser”

É como se fosse uma tristeza abafada por não te sentir mais por perto durante tanto tempo. Aos poucos ela vai se acalmando, se conformando. Vai acenando, parada, pra aquela esperança que se distancia descalça nessa estrada de pedras. Ainda dá pra ver ela lá, pequenininha, se aproximando cada vez mais da linha do horizonte.

“A cor do céu começa a mudar
Eu não entendo como os outros não percebem também”

Apesar de tudo, foi lindo ter te conhecido. Tu caiu de paraquedas na minha vida num momento em que eu realmente não esperava, mas precisava mais que tudo. Tu me ajudou a ser uma pessoa melhor, mesmo que não saiba disso. E cada momento ao teu lado vai ficar guardado nas fotos, no timbre da tua voz, em alguns detalhes do teu jeito espontâneo e… Na minha lembrança. Distorcida, talvez, mas vai estar ali.

“Não é bom, não é ruim
Simplesmente é assim”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s