Stop Breaking Hearts

Algum dia você vai se perguntar “Por que ainda estou aqui? Que que tô fazendo aqui?”, um tanto quanto parecida com a crise existencial de “Quem eu sou?”. Algum dia alguém vai entrar na sua vida, sem pedir licença e fazer dela o inferno. Você vai chorar, vai querer morrer, vai ameçar a matar, vai enlouquecer. Fico me questionando até onde o acaso existe. Porque se nada acontece por acaso, como foi que eu te conheci, se não por acaso?

Não importa quanto tempo a gente fique sem se ver, eu sei que quando a gente se encontrar você vai me dar aquele abraço que me sufoca. O melhor abraço do mundo, aquele que só você sabe dar.” – Tatuei essas suas palavras sobre mim na minha mente, lembro da minha cara quando eu a ouvi, ironicamente, durante um de nossos abraços.  Abraçar é uma das melhores coisas do…

Ver o post original 258 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s