Coragem de experimentar

Vejamos pela perspectiva de que eu não posso ser definida como uma pessoa extrovertida ou ~solta. Já pensei mil vezes antes de falar certas coisas, perdi oportunidades por vergonha ou, talvez, insegurança, e raramente danço em público (o que pode ser justificado pelo fato de eu não saber dançar, mas vamos voltar ao foco principal. Obrigada). Até que chega aquela hora que tu para e pensa: “ok, se eu sempre for ficar presa por esses medos, de que adianta essa coisa chamada vida?”. E isso começou a fazer com que, aos poucos, eu mudasse atitudes que eu tinha e que incomodavam até mesmo – talvez somente – a mim.

Claro que tem aquelas situações que a vida coloca na tua frente e ainda faz questão de te empurrar pra enfrentar, sem te deixar escolha. Apenas no início desse ano já passei por várias delas – acompanhadas, é claro, de frio na barriga, preocupação e noites de insônia.

Pensando em coisas que nunca achei que tivesse coragem suficiente pra fazer – mas fiz –  lembrei da maneira como essa coragem chegou até mim. Há certas frases que tu ouve ao longo da tua vida que, por algum motivo, te marcam. Foram elas que eu vi sendo pronunciadas na minha frente ou delas que me lembrei nesses momentos de hesitação:

“Se tu nunca fizer, nunca vai saber como seria se tivesse feito.”

“(…) Diga: e daí?”

“Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de achar que você tem algo a perder.”

Sei lá, acho que todo mundo passa por situações semelhantes de vez em quando. Pra quem nunca tentou, pode não parecer grande coisa isso. No entanto, acredite, faz toda a diferença.

PS.: Usando um exemplo bobo, porém válido. Pensa numa pessoa que não tem asma, mas as sensações de quando vai em montanha-russa são como se tivesse. Acha que ela teria coragem de ir em brinquedos como a Big Tower? Pois é, eu fui. Tenho minhas dúvidas se sentiria algo semelhante em qualquer outro lugar. Foi uma sensação única e uma das mais loucas que já experimentei na vida. Que teria perdido se desse ouvidos à falta de coragem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s