Paradoxo

Não sei isso acontece pra mais alguém, mas já faz algum tempo que observei que escrevo bem melhor quando estou mal, se comparar ao que escrevo quando estou bem. E não digo apenas da formação de opinião, em si, mas também das ideias e palavras usadas na hora de escrever. Não sei o motivo disso e nem entendo muito como funciona o cérebro humano. O fato é que por esses dias, lendo essa pesquisa (que foi publicada em 2011, por sinal, but who cares?), me lembrei disso. Tem uma relação estranha aí, não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s