Doce aroma (parte 3 de 5)

Parte 2 aqui.

Durante todo meu tempo de estadia naquela cidade litorânea andei a pé. Além de ecologicamente correto, evitava maiores transtornos com o carro, como lugares pra estacionar e estresse no trânsito, por exemplo. Enfim. A questão é que, andando a pé pra cima e pra baixo, eu meio que me acostumei a não ficar encarando as pessoas que passam por mim. Seja por vergonha ou por… Bem, é vergonha mesmo, o fato é que eu gosto de observar a paisagem mais a frente.

“Indo às compras?”, foi a frase que ouvi, um pouco distante. “É claro que não é pra mim”, pensei. Além de estar relativamente longe da cidade que eu moro, pouca gente ali me conhecia. E eu não costumo ser abordada por quem não conheço… “Oi, haha”, disse a Viviane., que me acompanhava. Isso meio que me acordou da minha distração mental e me fez virar a cabeça ao lado. “Oi”, respondi, deixando as sobrancelhas naquela linha curvilínea de dúvida. A Vivi olhou pra trás e depois pra mim. “Era o cara do chocolate. Acho que tinha falado contigo, mas tu não tava nem aí”. Ok, definitivamente minha expressão de dúvida se intensificou. E agora? Passei de ignorante e antipática sem nem ao menos me tocar. Parabéns pra mim! Lindo vai ser quando eu tiver que renovar meu estoque de chocolates novamente…

Continuação: Parte 4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s